Dominando nossos impulsos

ApontandoOi Povo de Deus!

Gosto sempre de chamá-los assim pra me lembrar que vocês são rebanho do Senhor! Tem muita gente precisando fazer este exercício…

A carapuça lhe serviu? Não se precipite! Olha o que a Palavra diz:

Lembrem disto, meus queridos irmãos: cada um esteja pronto para ouvir, mas demore para falar e ficar com raiva. Porque a raiva humana não produz o que Deus aprova. (Tiago 1:19, 20 NTLH)

(Kkk)

Espero que tenha entendido meu gancho! Se não, esqueça isso e vamos prosseguir.

Certa vez, dentre milhares, a raiva quis me dominar. Fiquei sabendo de pecados na vida de alguém que caminhava bem junto a mim, atitudes que eu jamais poderia imaginar, e o meu primeiro pensamento foi o de entortar o pescoço do “fulano de tal”. Graças a Deus pelos exercícios de paciência que temos a disposição (contar de um até dez em mandarim, respirar fundo e etc…), e pelo Seu Santo Espírito que fez brotar o domínio próprio nesta situação. Me guardei de emitir uma opinião sobre o assunto até que o Senhor me desse uma direção, pois o que mais importava ali não era o fato desse amigo ter me escondido suas falhas de caráter, mas sim, o perdão do Senhor e sua restauração completa.

Vi recentemente no jornal, uma matéria que trazia um caso interessante: um consumidor se sentiu lesado e resolveu denunciar o fornecedor mas, na sua ira, disse palavras horrorosas e de baixo calão na internet, ofendendo moralmente os prestadores de serviço, e tudo o que conseguiu foi sair da posição de vítima para a de réu, na visão do ministério público. Perceberam o que a raiva fez? Tirou aproximadamente R$ 9.000,00 (o valor estipulado da muita por danos morais) desse cidadão que se excedeu na forma de reclamar seus direitos. Valeu a pena? Claro que não!

Ah, como é difícil segurar os impulsos! Na hora da raiva a gente perde o controle, fala o que quer e ouve o que não quer. Depois, queremos correr atrás do prejuízo… Infelizmente, a gente sempre anda na contramão do que a Palavra diz. Eu oro para que, em nome de Jesus, Deus nos conforme cada dia mais a imagem e semelhança do Seu filho, que era manso e humilde de coração.

Quanto a situação junto ao meu amigo, tenho certeza de que o Senhor me deu toda a sabedoria que eu precisava para tratar aquele caso. Eu ouvi todas as partes envolvidas; orei muito ao Pai e recebi dEle o amor que perdoa e libera; que recebe de volta; que investe e acredita novamente. Hoje, todas as partes envolvidas estão restauradas e vivendo na presença de Deus. Aleluia!

Vamos vigiar, povo de Deus! Vamos ouvir mais e falar somente o que vier da parte do Senhor pois é a Sua Palavra que liberta; é a Sua justiça que traz a paz.

Um abraço da Nóbrega.

Ninguém despreze a tua mocidade!

jovem“Não deixe que ninguém o despreze por você ser jovem. Mas, para os que creem, seja um exemplo na maneira de falar, na maneira de agir, no amor, na fé e na pureza. (1 Timóteo 4:12 NTLH)”

Olá povo de Deus!

Eu amo este versículo! Da mesma forma que me defende e encoraja, me exorta em amor a ser um exemplo. É perfeito, completo.

Na minha caminhada pelo Brasil, sempre aconselho jovens que se queixam da sua liderança, os quais (segundo eles) nunca lhes dão oportunidade; nunca os valorizam. Como geralmente não tenho a oportunidade de ouvir a outra parte, me reservo a dar meus “pitacos” na situação. Eu ouço e oro, pedido a Deus que derrame sabedoria do alto para todos os envolvidos e traga a paz.

Vou falar de mim, do meu exemplo de vida, para tentar ensinar princípios deste versículo no qual baseei meu post.

Comecei a liderar louvor na igreja com doze anos de idade, pouco tempo depois da minha conversão. Eu era muito zelosa, muito diligente, apegada a Deus, fiel na comunhão com o Senhor e, mesmo tendo pouca idade, era respeitada diante da minha comunidade local. Jovens, adultos e velhos se submetiam a minha liderança e atendiam as minhas convocações porque viam em mim algo diferente. Deus era quem me respaldava e ninguém desprezava a minha adolescência. A partir do momento que eu cresci um pouco mais, que os anos passaram, que eu fui desprezando a importância do testemunho, que eu fui me afastando de Deus mesmo dentro da igreja, automaticamente, perdi minha autoridade. Por mais que eu fingisse ser a “santinha”, meus irmãos em Cristo tinham notícias de como eu era na escola, em casa, nos meus relacionamentos de amizade, e tudo isso foi gerando a falta de respeito por mim. Ninguém engole hipocrisia! A gente pensa que ninguém vê, que ninguém sabe mas, tá todo mundo por dentro de tudo.

Fala sério: você deve estar pensando que o Espírito Santo veio me contar sobre sua vida!! Você deve ser um desses milhares de jovens que se sente assim: desacreditado, injustiçado e desperdiçado.

Bem, eu quero te convidar a refletir comigo, na maior sinceridade..

Será que não é pelo seu testemunho fora da igreja que seu pastor não te deu aquele cargo tão desejado? Será a sua rebeldia e desonra em relação aos seus pais, o motivo do seu líder de célula te evitar e preferir contar com alguém menos qualificado? Não será seu estrelismo e orgulho que te fizeram perder aquele solo na cantata de Natal?

É possível que você seja desprezado injustamente… Eu diria que isto é quase uma exceção. Se for seu caso, por favor, permaneça fiel ao Senhor pois o seu tempo de honra vai chegar. Contra fatos não há argumentos: se você é um jovem fiel e seu testemunho é verdadeiro diante de Deus e da comunidade, não há como não contarem com seus dons e talentos. O problema é que na maioria dos casos o problema é a falta de VIDA e testemunho é tudo! Paulo disse a Timóteo para ser coerente em toda sua maneira de viver, e assim, aquela comunidade iría respeitá-lo.

Recebamos com temor a recomendação de Paulo, aliás, do próprio Deus, que acredita em nós ainda que sejamos jovens (as vezes inexperientes) mas que atrela a essa autoridade a força de um santo testemunho.

Em santidade vamos prosseguir. Que ninguém nos despreze!

Um abraço da Nóbrega!

Tempo de crescer

Tempo_de_crescerOlá povo de Deus!

Amo e me importo com vocês, por isso estou aqui pra dividir tantas coisas que o Senhor tem falado ao meu coração. Esta palavra está viva dentro de mim. Vamos ler juntos?

“Temos muito o que dizer a respeito desse assunto; mas, porque vocês custam a entender as coisas, é difícil explicá-las. Depois de tanto tempo, vocês já deviam ser mestres, mas ainda precisam de alguém que lhes ensine as primeiras lições dos ensinamentos de Deus. Em vez de alimento sólido, vocês ainda precisam de leite. E quem precisa de leite ainda é criança e não tem nenhuma experiência para saber o que está certo ou errado. Porém a comida dos adultos é sólida, pois eles pela prática sabem a diferença entre o que é bom e o que é mau. (Hebreus 5:11-14 NTLH)”

Forte, não? Muito!

Por estes dias, recebi um vídeo no qual vi meu sobrinho tentando falar suas primeiras palavras. Viva a tecnologia! Mesmo de longe, eu e o Dê podemos participar da vida de nossa família que vive em Fortaleza. Pois bem: aquele vídeo me emocionou demais e a todo instante (sempre que eu podia, é claro), repetia a imagem no meu celular. Eu pensava comigo mesma: “Meu branquelo está crescendo!” Se para uma tia, ver uma cena dessa é de “tirar o fôlego”, imagina para uma mãe que, diariamente, acompanha os primeiros passos da vida de seu filho!? Deve ser indescritível!

Mas, qual a ligação disto com o texto bíblico que inicia este post? Todas as ligações!

Na carta aos Hebreus, o autor fica chocado com a constatação de que o povo, ao qual Paulo se dedicou tanto, estava estagnado; pior ainda: retrocedendo.

Toda criança saudável desenvolve-se normalmente. Seus sentidos são perfeitos e tudo corre bem. Se o tempo de um bebê falar já passou e ele não deu suas primeiras palavrinhas, se já passou da hora de dar os primeiros passos, deve haver algo errado! As vezes, o diagnóstico é uma preguicinha ou algo simples; já em outros casos, pode ser um retardo, um caso de altismo, uma paralisia, e etc. Seja o que for, comprometerá o crescimento do bebê.

Algo de errado estava acontecendo com a igreja naquele lugar: eles custavam a entender as coisas de Deus. O autor de Hebreus os chama de crianças espirituais: adultos mas que não podiam alimentar-se de uma comida espiritual mais sólida pois não suportariam. Me parece que tal situação ocorre nos nossos dias: irmãos em Cristo que não progridem, embora estejam há anos no convívio da Igreja.

Lembro-me de um lamento que ouvi há muito tempo, de uma pastora que rogava as suas ovelhas para que estas a deixasse trabalhar, viver o ministério de maneira mais abrangente. Sabem por que essa pastora não conseguia expandir o Reino em sua comunidade? Porquê os membros daquele lugar estavam embaraçados em tantas meninices. Ao invés de serem benção na vida da pastora, eles eram um peso.

Enquanto você leu este post, talvez tenha passado pela sua cabeça: “Eu conheço alguém assim!” Mas eu não quero que você pense e aponte o outro. Eu quero saber de você! Você é uma criança espiritual ou um homem/mulher amadurecido(a) na fé em Cristo? Como tem sido seu desenvolvimento desde o novo nascimento? Como você imagina ser a reação do Pai Celeste ao te ver “crescer”?

Tem muita coisa no Reino de Deus que não obedece o tempo cronológico. Pode ocorrer de alguém ter 50 anos de idade, 30 de ministério, e não ter a maturidade de um jovenzinho que mantêm puro o seu coração, que zela por uma vida de oração. De fato, o tempo e a idade não importa tanto agora. Se você acha que dá pra crescer em Cristo um pouco mais, cresça!

Um abraço desta adolescente em Cristo,

Nóbrega

DIÁRIO DE TUBARÃO (SC)

Queridos amigos,

No último post, bem como em todas as redes sociais nas quais tenho conta, pedi orações e compartilhei motivos de oração a favor da Marcha para Jesus em Tubarão (SC). Pela misericórdia do Senhor, os “Destemidos” voltaram com a vitória nas mãos. Aleluia!

Queria muito voltar aqui e agradecer a cada um de vocês que tirou um tempo para ler o post, e muito mais: engajaram-se na missão junto com a gente. Escrevi à minha equipe sobre a impressão de que as orações e o tempo de consagração foram essenciais em todo o tempo. Foi perceptível! Foi palpável!

Estou de volta para compartilhar detalhadamente o que todos nós conquistamos juntos:

1) Unidade na equipe
Na última semana, creio que vencemos lutas internas que estávamos passando como equipe. Ficou nítido que os laços de amor foram fortalecidos no Senhor.

2) Liderança da Igreja em Tubarão (SC)
Vimos igrejas fortes e a salvação do Senhor tomando uma proporção cada vez maior. Muitos disseram que as lideranças estão deixando ressentimentos para trás e caminhando rumo ao novo tempo de Deus; os pastores estão debaixo de um sentimento de vigilância, preparando-se para algo especial que está para ser liberado no Reino do Espírito. É comum ouvir falar que os templos não comportam mais as multidões que o Senhor está salvando.

3) Liderança da Marcha pra Jesus
Também foi testemunhado a participação de pastores das mais diversas denominações e cada um deu o seu melhor, não como a homens mas ao Senhor.

4) Pureza de coração dos organizadores
Os recursos vieram de muitos lugares mas em nenhum momento o nome de homens foi levantado. Os políticos da cidade estavam marchando com a multidão, o prefeito da cidade também se fez presente mas a percepção foi de um sentimento de “atenção” as necessidades reivindicadas pelo povo de Deus.

5) Unidade da Igreja em Tubarão (SC)
A Igreja em Tubarão testemunhou que nunca houve um mover de unidade tão lindo como desta vez.

6) Familiares dos “Destemidos”
Pela misericórdia do Senhor, nossos familiares foram guardados de setas de morte e enfermidade e de situações emergenciais.

7) Saúde dos “Destemidos”
Louvamos ao Pai por conservar-nos saudáveis em todo tempo nesta missão.

8) Fortalecimento no jejum
Toda equipe, até as crianças, compreenderam a importância dos jejuns nessa preparação. Particularmente, me senti muita fortalecida para renunciar as delícias que tirei do meu cardápio.

9) Parte técnica do evento: trio, sonoplastas e todos os equipamentos
Deus nos deu o melhor! No dia anterior ao da nossa viagem, recebemos a notícia de que o sonoplasta que viajaria conosco não iria mais, mas em nenhum momento houve aflição. Reagimos com muita segurança de que havíamos feito tudo que poderíamos e que só o Senhor poderia preparar alguém para nós. Ele cuidou de nós como filho amados que somos!

10) Clima da cidade
É de emocionar! Ao chegarmos, os relatórios era de que o frio e chuva estavam predominando mas as fotos, durante a passagem de som, comprovam o milagre que Deus fez. Meus irmãos, Ele preparou tudo para nós: o sol para nos aquecer e a noite, uma brisa suave. Aleluia!

11) Queda de principados e potestades na região
Não há como dimensionar e há ao mesmo tempo. A atmosfera espiritual estava leve e tudo o que ocorreu na Marcha nos leva a crer que demônios e espíritos malignos foram derrotados no nome poderoso do Senhor Jesus.

12) Proteção contra espíritos de intimidação
Em nenhum momento nos sentimos intimidados, pelo contrário, ministramos na força do Senhor.

13) Direção do Senhor para a lista das músicas
Enquanto escrevia o item anterior, o Espírito me deu um discernimento sobre este item: na passagem de som, eu pedi aos “Destemidos” para tocarem uma canção que não estava na lista. Uma senhora gritou lá embaixo (pois estávamos num trio alto): “canta uma música ungida!” Kkkk…. Eu fiquei assustada e pedindo ao Senhor sabedoria e mudei para uma música que estava na lista. Quando terminou ela acenou pra gente bem feliz e dizendo que a música era ungida. Só escrevendo a vocês, percebi que aquilo foi uma confirmação da nossa lista.

14) Capacitação para os ensaios e passagem de som
Nossos ensaios foram maravilhosos. Eu senti o fluir do Senhor e junto com a equipe, ministrei até em inglês! Foi demais pra mim fluir na língua inglesa.

15) Comparecimento do povo, das famílias.
O povo foi as ruas! Foi a maior marcha de Tubarao!

16) Gravação do Diante do Trono em Juazeiro do Norte (CE)
Foi incrível! Sei que pelas mídias ou pessoalmente, vocês acompanharam esse ajuntamento tão lindo, profético e santo.

17) Gratidão a Deus pela escolha desta equipe para esta missão
Dois dos nossos “Destemidos” foram cedidos ao Diante do Trono, devido a gravação em Juazeiro e, contamos com o Jônatas Felix e Thiago de Paula na viagem. Sei que foi propósito de Deus enviá-los! Os jovens foram inspirados pela expressão extravagante destes santos jovens homens de Deus.

18) Clamor pela benção do Senhor sobre os “Destemidos” nos cultos em Tubarão (SC)
A Igreja Verdade que Liberta em todo tempo expressou gratidão a Deus por nos levar justamente neste tempo profético que estão vivendo. Quanto a isso, eles podem falar melhor do que nós mesmos.

19) Oração pelos “Destemidos” Othon Almeida e Robert Dolabella que auxiliarão em Juazeiro do Norte
Graças a Deus, eles, que ficarão em Juazeiro até o dia 13, estão sendo sustentados pelo amor do Senhor. Para eles, ficar longe da família é um grande desafio mas que será vencido. Não vemos a hora de nos juntarmos a eles novamente.

20) Clamor pelo fluir do Senhor durante as ministrações
Fluiu gente! Fluiu! O Senhor veio sobre nós trazendo visões e palavras proféticas. Foi lindo ver toda equipe numa unidade… Deus usou a cada um de nós, não só a “Nóbrega”.

21) Bênçãos e orações pela vida dos convidados: Thiago de Paula e André Espindola
Como é importante orarmos! Inicialmente, eu nem poderia imaginar que um destes dois não seguiria na missão. Por motivos legítimos, o André Espindola não viajou conosco mas nosso Deus fiel supriu aqui em BH e em Tubarão (SC).

22) Pela entrada e saída do grupo em Tubarão (SC)
Que coisa! Na ida, quase não chegamos ao aeroporto de Confins (MG). Saímos do ponto de encontro com um saldo grande de tempo mas o trânsito estava desafiador e inacreditável. Na van por quase duas horas, nos vimos com 15 minutos para nosso check-in… Começamos a orar intensamente e a louvar. Eu comecei a cantar uma canção que traduzida para o português significa: “Deus está lutando por nós, empurrando as trevas…” e quando me dei conta do que estava dizendo, comecei a “empurrar as trevas”! Coisa de doido mesmo! Fiquei dentro da van cantando e fazendo um movimento de como quem empurra alguma coisa. Daí a equipe começou a glorificar… Eu abri os olhos e vi que o milagre havia acontecido. A segunda parte: no avião, quando estávamos nos preparando para pousar em Florianópolis (SC), o piloto informou de que uma neblina estava se formando e que talvez teríamos que voltar para Curitiba (PR). Mas eu comecei a empurrar as trevas novamente e o avião pousou! A gente não ia voltar pra lugar algum; nosso destino era Tubarão e era pra lá que a gente iria! Kkk

23) Santidade, vigilância e comprometimento da equipe
Posso testemunhar que, em todo tempo, essa equipe me encheu de orgulho!

24) Testemunho dos “Destemidos” nesta missão
Nossos bate-papos; momentos de oração e ministração; do contato com o pobre na rua até o contato com as lideranças evangélicas, enfim; eles tiveram iniciativa para fazer tudo o que é bom, correto e agradável ao Senhor.

Eu vi a personificação da Palavra que declaramos (Isaías 61), ao ouvir o testemunho de uma senhora de idade que estava de cama, depressiva, mas que ouviu de longe o som dos louvores e correu para a concentração da Marcha; também quando a Gil (minha assessora) me contou de um homem na igreja que a procurou, aos prantos, agradecendo por ela estar ali adorando ao Senhor com tanta intensidade, trazendo esperança para aquele coração “morto” mas a partir daquele momento, cheio do óleo da alegria.

Eu teria muito mais para contar mas sei que até aqui, você já entendeu o que é que a oração gera e, como o Pai tem prazer de nos ouvir quando clamamos a Ele. Nós costumamos brincar com as pedrinhas que ganhamos na coroa quando fazemos o que é bom mas isto não é motivo de piada: é a mais pura verdade! Eu e você temos a esperança de viver no céu, ver a Deus face a face, e receber a linda coroa que está preparada e rebuscada dos atos de justiça que praticamos aqui. Por guerrear com a gente, você ganhou mais uma pedra em sua coroa, para a glória de Deus.

Deus abençoe a cada um de nós!

Nóbrega

blog1

blog2

MARCHA PARA JESUS – TUBARÃO (SC)

Olá destemidos!

Espero que esta mensagem te encontre desfrutando da paz do Senhor Jesus e que a graça dEle esteja sobre sua vida e família.
Há alguns dias tenho compartilhado com vocês as mensagens que encaminho diariamente à equipe que Deus me deu, os quais caminham junto a mim seja tocando, orando ou administrando, e posso perceber que foi uma atitude muito acertada. Muitos irmãos, de todas as partes do Brasil, têm orado por nós e abençoado este novo tempo em minha vida e ministério, manifestado o desejo de pagar o preço conosco nas missões que o Senhor nos confiar. Em outro momento de oração, o Senhor me disse para incluir outros destemidos no propósito que temos feito a favor da Marcha pra Jesus em Tubarão (SC). Estou muito feliz de voltar àquele lugar onde, creio eu, recebi a cura em minhas pregas vocais e portanto, sei que a Igreja naquela região intercede mesmo, toca no Senhor Jesus e Dele faz sair virtude. Aleluia!

Sendo assim, convido aos que desejarem, a engajarem-se de forma responsável e firme neste propósito, pois o tempo que vivemos em nossa nação é favorável e nós não podemos ficar de fora. Semeie no Reino do Espírito e você colherá de forma surpreendente!

Nossa equipe está fazendo jejum de delícias a favor da Marcha até sexta, dia 5/7/13, mas depois continuará participando em jejum da convocação santa em prol do Brasil, a qual tem sido divulgada em todas as mídias sociais. Nos propomos a parar tudo para orarmos pelos 24 motivos de oração trazidos pelo Espírito Santo (abaixo) as 12:00hs e a 00:00h, proclamando o texto bíblico de Isaías 61, que pra mim é o texto que tem absolutamente tudo a ver com a mensagem do “Nada Temerei”.

Os motivos de oração são estes:

1) Unidade na equipe “Destemidos”
2) Liderança da Igreja em Tubarão (SC)
3) Liderança da Marcha pra Jesus (SC)
4) Motivação do coração dos organizadores da Marcha pra Jesus
5) Unidade da Igreja em Tubarão (SC)
6) Familiares dos “Destemidos”
7) Saúde dos “Destemidos”
8) Fortalecimento ao longo do jejum
9) Parte técnica do evento: trio elétrico, sonoplastas e todos os equipamentos
10) Condições climáticas no dia 6/7/13.
11) Queda de principados e potestades na região
12) Proteção contra espíritos de intimidação
13) Direção do Senhor para a lista das músicas
14) Capacitação para os ensaios e passagem de som
15) Comparecimento do povo; das famílias no dia da Marcha
16) Gravação do Diante do Trono em Juazeiro do Norte
17) Gratidão a Deus pela escolha desta equipe para esta missão
18) Clamor pela benção do Senhor sobre os Destemidos nos cultos em Tubarão (além da Marcha, estaremos em duas igrejas)
19) Oração pelos “Destemidos” Othon Almeida e Robert Dolabella que auxiliarão o Diante do Trono em Juazeiro do Norte
20) Clamor pelo fluir do Senhor durante a Marcha e nos dois cultos
21) Bênçãos e orações pela vida dos convidados: Tiago de Paula e André Espíndola
22) Pela entrada e saída do grupo em Tubarão (viagem aérea, traslado, hospedagem)
23) Santidade, vigilância e comprometimento da equipe com o Reino
24) Testemunho dos “Destemidos” perante a Igreja do Senhor nesta missão

É isto irmaos! Nos propomos a tirar dúvidas sobre este assunto no contatoananobrega@gmail.com. Se algum irmão da região de Tubarao e adjacências desejar compartilhar motivos de oração referente a cidade e a Marcha pra Jesus, escreva-nos também.

Que Deus abençoe nossas vidas!
Que as palavras de Jesus acerca da fé ao orarmos pulsem em nosso coração:
Jesus respondeu: “Eu asseguro que, se vocês tiverem fé e não duvidarem, poderão fazer não somente o que foi feito à figueira, mas também dizer a este monte: “Levante-se e atire-se no mar”, e assim será feito. E tudo o que pedirem em oração, se crerem, vocês receberão”. (Mateus 21:21, 22 NVI)

Um grande abraço desta companheira de guerra,

Nóbrega

MINHA PALAVRA DE GRATIDÃO

Olá povo de Deus!

Hoje pela manhã, o Diante do Trono, na pessoa da Ana Paula Valadão, divulgou uma carta compartilhando as mudanças ocorridas no grupo e, esclarecendo a todos sobre a minha situação e de outros companheiros/amigos de ministério. Sendo assim, neste meu espaço, posso falar da minha gratidão a Deus pelos dias vividos junto a pessoas tão abençoadoras e que marcaram minha vida.

Ainda no CTMDT, quando preparava-me para minha formatura, pedi ao Senhor que me guiasse em cada decisão, segundo a Sua palavra que diz: “Quem é o homem que teme o Senhor? Ele o instruirá no caminho que deve seguir” -Salmo 25:12. Desesperadamente, orei ao Pai pedindo que nenhuma outra voz me confundisse e Ele teve compaixão de mim. No fim do ano de 2009, Deus me deu um sonho, uma revelação e a interpretação de tudo a respeito do meu tempo no Diante do Trono. Na época, compartilhei com a Ana Valadão e foi uma testificação; ela gostaria que eu permanecesse em BH para auxiliar na liderança de louvor em Lagoinha tendo em vista sua ida aos EUA, mas apenas orou. O Senhor me disse para ficar e nós mais uma vez obedecemos.

Foi um tempo muito difícil, ao contrário do que os leigos nesse assunto afirmam arrogantemente nas mídias sociais. Nosso desejo como família era voltar pra nossa cidade Natal (Fortaleza/CE) mas como havíamos posto a mão no arado, não podíamos olhar pra trás. A massa popular não sabe das renúncias; só vêm as glórias e poucos, bem poucos, sabem o que implica viver um chamado como este. Tem CD? Tem! Tem DVD? Tem! Tem muitas alegrias? Tem! Mas também tem um alto preço a pagar. Foi com essa postura que eu encarei o Diante do Trono todos esses anos.

Obedientemente, nunca ousei tomar o lugar de ninguém e nem ser outra pessoa além de mim mesma; amo ser quem sou, do jeito e com as características que Deus planejou. É muito leve caminhar assim, ainda mais quando em comunhão íntima com o Pai, eu entendi o que Ele queria de mim e seguramente, eu sabia pra onde ir. Eu estava no Diante do Trono mas nunca me esqueci daquela revelação em sonho que falava acerca dos tempos e estações.

Foi no ano passado que o Senhor me deu uma sacudida… A gente tem mania de se acomodar mas Ele não deixa e nem deixará. Quando estávamos nos preparando para a gravação do CD e DVD Creio, recebemos a visita de um homem de Deus que, usado em profecia em minha direção, declarou: “Olhe bem para cada um dos seus amigos; aproveite bem este tempo pois o Senhor quer que você voe. Esta será a sua última gravação!”. Foi aquela choradeira… Até penso que ali derramei todas as lágrimas do tempo do fim. Ficou muito claro que Deus tinha outra direção para minha casa e ministério.

De lá pra cá, fui desafiada pela mulher de Deus que a Ana Paula Valadão é, a gravar o “Nada Temerei” e com alegria tenho recebido o novo tempo de Deus. Mesmo sem viajar com o DT desde o começo do ano, decidimos, junto com a liderança do ministério, ver o “parto natural” (meu sonho era sobre isso). Certo dia, minha nova equipe de trabalho recebeu o convite para a “Marcha para Jesus”, em Tubarão (SC). Grande foi a minha alegria ao saber da possibilidade de retornar ao lugar onde, creio eu, recebi minha cura nas pregas vocais. O evento foi mudado de data por três vezes, até que decidiram realizá-lo no dia 6 de julho. Tempo depois, a gravação do DT foi anunciada para o mesmo dia, só que com um agravante: na minha terra do Ceará. Lembrei das palavras do Senhor pela boca do profeta:” “CREIO” será sua última gravação no DT!” Sinceramente, estou consolada porque grande é o socorro que Ele está enviando ao meu povo.

Ainda não sei o que significa minha participação no “CD Renovo” mas sei que o Senhor me dirá algo; ou não!

Ah! Foi bom demais! Aprendi, ri, chorei, me surpreendi, ensaiei, gravei, jejuei, compartilhei e cresci muito. Ser do Diante do Trono foi uma maravilha de Deus para mim pois eu continuo acreditando, mesmo sem fazer mais parte do grupo, que esse ministério é diferente. Essa longevidade, alcance e, principalmente, a unção que nos toca, no meu ponto de vista, é a mão de Deus respaldando e abençoando o que esses ungidos vivem no secreto com Ele. E vem muito mais sobre o DT!

Que o Senhor abençoe ao Rodrigo e a Saara; ao Tião; a Betinha e ao Gui. Oro para que a mesma certeza que eu tenho de que Deus está guiando tudo, eles também tenham. Que o Senhor abençoe a todos que permanecem e que juntos, possam viver dias inesquecíveis na presença do Senhor.

Ao Sérgio Gomes, que foi o homem que Deus usou para conduzir minha entrada no Diante do Trono e, a Ana Paula Valadão, que me recebeu; discipulou; preparou e enviou, só posso dizer que os amo!

Que saída mais linda!

Louvado seja Deus que conduz os passos daquele que O teme!

Beijos da Nóbrega